Friday, 29 May 2015

chouriço e cerveja, sim por favor!

Emigrante do UK escreve no Facebook:
 
“Caros vou a Portugal dia 17 e volto dia 25, quem quiser estar comigo que comunique para 96xxxxxxxx pois nao vou ter muito tempo. Pensamento do dia!
Não. Já chega. Já chega quando, depois de dez anos lá fora ainda reside a expectativa de ter de ser o emigrante, coitadinho, a prescindir das suas férias em função das férias dos outros para, em quinze dias, fazer a Volta a Portugal em trotineta, sem esquecer o santuário mais a moedinha, por favor. Não, porque o emigrante já não é emigrante.
Afinal, se só cá estamos uma vez, é bom que façamos o melhor proveito da mesma. Portanto, entendamo-nos: estas férias são minhas, e se porventura ao lado da minha toalha te quiseres deitar, terás o teu amigo com quem falar. A toalha onde estou tem o pionés do Google Maps a marcar o local, basta seguir o "link" com a fotografia ao lado. A hora, é a do costume, e as conversas tão amigas como sempre, como se ainda ontem tivéssemos estado juntos e eu nunca, nunca tivesse partido, um dia, para um país muito distante.” – e colocou este link
 
Cada um com a sua opiniao mas fiquei a pensar nisto… 3 anos depois de ter saido de Portugal e com alguma maturidade em cima (idade digamos) digo que é preciso ver a situacao dos dois lados.
 
Ora a formula parece-me simples:
 
- se marcas ferias e queres aproveitar o teu tempo com a familia e na praia – nao digas a ninguem onde vais
- se queres estar com algum amigo proximo – manda mensagem ou liga e marca um cafezinho ou um jantar – nao te esquecas que essa pessoa provavelmente nao esta de ferias, trabalha e tem os problemas dela…
- se queres mesmo ir de ferias e nao te chatear com quem queres ou tens de estar – vai de ferias para outro país
 
Ao entrar no link do Publico para ler o resto do conteudo do artigo fiquei chocada principalmente com o facto desta pessoa querer parecer que fala por todos os emigrantes. Nao é o emigrante, sou eu (tu neste caso) e nao vamos por todos no mesmo saco.
 
O emigrante vai de férias a Portugal uma vez por ano, quer descansar e não quer convidar ninguem para um café, OK, agora não vamos achar que são os outros que tem de alterar as suas vidas para nos encaixar, afinal nos e que estamos de ferias e a vida tambem seguiu para esses amigos, quem vive em Portugal não esta sentado na esplanada a espera que o emigrante chegue em Agosto para contar as suas aventuras la fora.
 
Quando moravamos em Portugal se querias sair com alguem ligavas certo? Ou ficavamos em casa no sofa a pensar: a minha amiga sabe onde moro, por isso se nao vem ca é porque não quer? Tambem sabes onde ela mora certo? Então porque que agora é diferente? Quando queres estar com alguém fazes por isso - se essa pessoa depois não pode ou faz-se de dificil isso é outra história, já depende da qualidade dos amigos que tens.
Já fui a Portugal e não disse nada a ninguem, estive com a familia e fiz o que quis, noutras vezes mandei mensagem a dizer que ia e se dava para combinar algo, e pronto cafe as 11h da noite, depois do trabalho de alguns, mas deu e fizemos todos por isso.
 
Eu tento ir a Portugal sempre que possivel (gostava de poder ir mais vezes), mas ferias grandes e para descansar faco-as noutro lado, porque quero descansar sem me preocupar com ninguem e porque não quero decidir em casa de quem é que vou almocar ou jantar e assim não me chateio nem chateio ninguem. Porque complicar algo que é tao simples?!



Chourico e cerveja, sim obrigada! E não há nada como aquele churasco feito no patio da casa da mae com aquela grelha de 20 anos ou como a cerveja fresquinha com vista para as ondas do mar na praia onde crescemos.
 


Wednesday, 27 May 2015

visit oporto - walk the coastline of Vila Nova de Gaia

Caminhada pela orla marítima de Vila Nova de Gaia
 
A maior parte dos turistas que visita o Porto o maximo que fazem é ir ate ao Cais de Gaia almocar e visitar as Caves do Vinho do Porto, mas para os amantes das caminhadas ou para quem goste de comer um gelado ou beber uma cerveja a beira mar, deixamos aqui uma sugestao de passeio pelas praias de bandeira azul de Vila Nova de Gaia.
O trajecto é feito quase na sua totalidade pelo caminho pedonal (passadiço) construído em madeira reutilizada da antiga linha ferrea, sobre as dunas, 21km de cheiro a mar, 18 zonas balneares, num total de 28 praias concessionadas.
 
Most tourists visit OPorto and just head to Cais de Gaia for lunch and to visit the Oporto wine cellars, but if you love to walk or just to have an ice cream or a beer by the seaside here's a suggestion through the blue flag beaches of Vila Nova de Gaia .
The route is done almost entirely by footpath – passadico - built with the old rail track reclaimed wood on the dunes, 21km of freash sea brise air, 18 bathing areas, a total of 28 concession beaches.
 

 
A caminhada pode ser iniciada no Cais de Gaia e dai seguir pela margem esquerda do Rio Douro ate a Afurada, passar pela Douro Marina e continuar ate a Reserva Natural – Local do Estuario do Douro. A primeira praia que aparece é a Praia do Cabedelo do Douro e dai segue-se:
 
The walk can start at Cais de Gaia and following the left bank of the Douro river you reach Afurada , visit the Douro Marina and continue up to the Nature Reserve - the Douro Estuary Site. The first beach that appears is the Douro Cabedelo Beach and from there the follow beaches:
 
Praia de Salgueiros
Praia da Sereia da Costa Verde
Praia de Canide (Norte) - surf anyone? (@ Grao d’Areia bar) http://www.escoladesurf.com/
Praia de Canide (Sul)
Praia de Marbelo
Praia da Madalena (Norte)
Praia da Madalena (Sul)
Praia de Valadares (Norte)
Praia de Valadares (Sul)
Praia do Atlantico
Praia de Dunas Mar
Praia de Francelos
Praia de Francemar
Praia da Saozinha
Praia do Senhor da Pedra – visit Capela do Senhor da Pedra even if you're not the religious type
Praia de Miramar (Norte)
Praia de Miramar (Sul)
Praia de Mar e Sol
Praia da Areia Branca
Praia da Aguda
Praia da Setima Arte
Praia da Granja – felling inspired? Sophia de Mello Breyner Andresen summer house was here – seat in one of the beach steps and read A Menina do Mar / The Girl From the Sea
Praia de Bocamar
Praia do Hotel Solverde
Praia do Brito
Praia do Areal da Marinha
Praia de Espinho
 
Sugestao de Bares/Restaurantes – Bar/Restaurant Suggestions:
Bar Praia
Grao d’Areia
Ar d’Mar
Restaurante A Cozinha do Portugues (not beach front but amazing food and hospitality!! Praia Madalena - R. 25 de Abril 129, 4405-796 Madalena, +351 22 713 1183)
Esplanada do Alex
Areal
Neptuno Bar
 
O regresso pode ser feito de comboio de Espinho para o Porto:
To return you can take the train from Espinho to Oporto:
 
A estacao/The station:
Horarios/Schedules:
Preco/Prices:
 





 
Capela do Senhor da Pedra
 
Esta capela foi construída em 1686 sobre um rochedo, tem um formato hexagonal e possui um Altar-mor. É considerada um local de culto e peregrinação.
Anualmente é visitada por centenas de pessoas que são atraídas pela sua “magia” sendo conhecida também por “casa dos milagres”. Os antigos acreditam que a imagem de Cristo terá ido ali parar vinda do mar. “Que num belo dia pousou sobre aquela pedra onde, mais tarde, veio a ser erguida a capela”. Daí o seu nome “Senhor da Pedra”.
Dizem que esta é a única igreja virada de costas para o mar.
Existem rumores que as traseiras da capela são palco de bruxarias e feitiçarias.

This chapel was built in 1686 on a rock, it has a hexagonal shape and has a high altar. It is considered a place of worship and pilgrimage.
Every year is visited by hundreds of people who are attracted by its "magic" and is also known as "home of miracles." The elder believe that the image of Christ appeared here coming from the sea (now on display inside the chapel). Rumour goes that behind the back of chapel witches practice their witchcraft and sorcery.
 
 
Of all the corners of the world
I love with a stronger and deeper love
That ecstatic and naked beach,
Where I joined the sea, the wind and the moon.
Sophia de Mello Breyner Anderson

 
 

Sunday, 24 May 2015

seaford

O domingo do Spring Bank Holiday começou com sol mas com o passar do dia o sol foi fugindo, ainda assim aproveitamos o dia em Seaford.
Seaford fica entre Brigton e Eastbourne e a 1h35 de Maidenhead de carro.
Subimos o cliff e caminhamos pela reserva natural, descemos e caminhamos até ao centro da cidade para almoçar. Café na esplanada, apanhar pedras e voltar. Um sitio sem grandes confusões, pacato, ideal para relaxar. A praia não é de areia macia mas o mar esse sim, calminho e convida entrar.
Postcode - BN25 1JH


The town of Seaford is a quiet seaside resort in East Sussex, U.K. It is located on the foot of the South Downs, a range of hills stretching from Winchester to Eastbourne. It is a great place to have a break.
The town is a small resort, which plenty of visitors, many of whom will enjoy the town itself, and the nearby countryside, notably the famous Seven Sisters.
For many, the main attraction in Seaford is the beach. This has an obvious attraction in the summer, when the sea reaches temperatures up to 20 degrees Celsius. Visitors have the benefit of parking right next to the beach and for free.
For those who like to get out-and-about walking there is plenty of hills to climb, as Seaford is situated at the foot of a hill range called the South Downs. The Seven Sisters Country Park is just around the corner.


















Thursday, 21 May 2015

a trabalhar na mesma empresa ha 3 anos - beneficios

A trabalhar ha 3 anos e um mês na mesma empresa, o maximo que ja trabalhei em algum sitio. Em Portugal o maximo foi 2 anos - uma empresa sai porque fechou e outra quando me mudei para ca. A empresa americana é neste momento a empresa lider mundial no mercado em que opera e apesar de sermos muitos aqui nos escritório é uma pequena grande "familia".
Independentemente das vantagens e desvantagens de trabalhar muito tempo na mesma empresa o importante é que o tempo, seja ele qual for, seja de aprendizagem.
O que mais gosto? Falar com pessoas de todo o mundo, de alguma forma é como se nos conhecessemos mesmo. De manha troco emails com a Asia antes de eles irem dormir e depois acordam os US.
E claro existem os beneficios que as empresas aqui proporcionam, todas diferentes mas em geral todas têm alguma coisa a oferecer. E  não é preciso ser uma empresa muito grande.
 
Alguns dos beneficios a que tenho acesso:
Childcare vouchers – Ride2work – UK Pension – Life Assurance – Income Protection – Private Medical Insurance – Travel Insurance – Dental Insurance – Cashback - Eye Care Vouchers
Employee Assistance Program - personal and professional resources for employees and family. Whether you need help managing stress or managing relationships, balancing your budget or balancing your life. 24/7 at no cost.
Tennis, Football and Basketball free courts + gym membership with company discount
Online courses/training
Social Club – pay 2£ a month and get discounts (50%) on theatre tickets and any other events (horse races, shopping trips…).
Tobacco-Free - coaching support, free of charge, for employees and spouse or domestic partner.
Spanish Classes – free one year classes by certified teacher
 

....... tenho de ser realista, nunca tive nada disto em Portugal.
 
A minha area é muito polivalente, por isso, sim eu gosto do que faco, alias, estudei para isso, mas gostava talvez de adaptar a outra area ou estilo de vida, a ver, so o futuro dira. Para ja, parabens a mim :) 
 
 

Monday, 18 May 2015

battersea park

Caminhar por Chelsea Embankment e passear um pouco por Battersea Park foi o programa de domingo a tarde. Só fizemos a parte ao pé do rio (The Parade) porque estavamos todos partidos do dia anterior (caminhamos 10km).
Apesar do sol instavel o parque estava cheio de gente e vi algo que ja nao via muito tempo, pessoal a jogar a malha ao domingo a tarde, aqui com o nome de Bocce e joga-se com bolas de metal em vez de discos e em vez do pino é uma bola mais pequena vermelha.

How to play Bocce:

Divide players into two teams of one, two or four players each. Each team gets four balls, divided equally among the players. A coin toss determines who will play first.
To start the game have a player from the starting team stand behind the foul line (which is 10 feet from the throwing end of the court) and throw the small ball, or "pallina," toward the opposite end of the playing surface. The same person who tossed the Pallino then throws the one Bocce Ball trying to get it as close to the Pallino as possible without touching it.
The next team then throws one ball trying to get closer than the first team. If team two gets closer, then it is Team one's turn. If Team Two's ball does not come closer then they continue to throw until they get a ball closer to the Pallino or until they are out of balls. Then Team One throws the reminder of their bocce balls. REMEMBER: you can knock your opponent's balls away from the Pallino to increase your score.
The team with the closest ball gets one point for each of its balls that are closer to the pallina than the other team's closest ball.
Keep in mind that if the two teams' closest balls are an equal distance from the pallina, no points are awarded.
End the frame after all eight balls have been thrown and appropriate points have been awarded. The scoring team begins the next frame. If no team previously scored, the team that threw the pallina last begins the next frame.
Play as many frames as needed until one team has a total score of 16 points.















 
E a minha irma cozinhou para nós pela primeira vez: burrito, aprovado :)
 



Sunday, 17 May 2015

experiências culinárias

E porque a maior parte das vezes perco o papel onde escrevi a receita ou o sitio onde a li, ficam aqui guardadas algumas das experiências que fizemos nos últimos tempos pela primeira vez:

Spicy Oven-Roasted Chickpeas
 
Ingredients:
2 (15-ounce) cans chickpeas, also known as garbanzo beans, thoroughly drained and rinsed
2 tablespoons olive oil
1 teaspoon ground cumin
1 teaspoon chili powder
1/2 teaspoon cayenne pepper
1/2 teaspoon sea salt
 
1 - Heat the oven to 400°F and arrange a rack in the middle.
2 - Place the chickpeas in a large bowl and toss with the remaining ingredients until evenly coated. Spread the chickpeas in an even layer on a rimmed baking sheet and bake until crisp, about 30 to 40 minutes.
 


Poached Eggs

Ingredients:
Fresh eggs

Method:

1 - Fill a saucepan with a couple inches of water. Heat the water on high until it reaches a bare simmer and bubbles start appearing at the bottom of the pan, or bring the water to a boil and then lower the heat until the water is at a bare simmer (just a few bubbles coming up now and then).

2 - Working with the eggs one at a time, crack the egg into a small bowl or cup. Place the bowl close to the surface of the hot water and gently slip the egg into the water. If you want, use a spoon to push some of the egg whites closer to their yolks, to help them hold together.
3 - Turn off the heat and cover the pan. Set a timer for 4 minutes.
4 Gently lift the poached eggs out of the pan with a slotted spoon and place on a plate to serve.



Green Scrambled Eggs

Ingredients:
2 eggs
Spinach (1 full hand)

Directions:
Crack eggs into a large bowl, add the spinaches and whisk until combined.
Heat butter/olive oil in a large wok over medium heat, add the eggs, season with salt and pepper and cook, stirring occasionally with a wooden spoon until soft curds form. Serve warm.

 
Bolo de Caneca no Micro-ondas
 
Ingredientes:
(1 bolo de caneca) 
1 ovo
3 colheres (sopa) de óleo
4 colheres (sopa) de leite
3 colheres (sopa) de açúcar
3 colheres (sopa) de chocolate em pó ou achocolatado
4 colheres (sopa) de farinha de trigo
½ colher (chá) de fermento em pó
 
Modo de preparo: 
1.Em uma caneca, junte o ovo e o óleo.
2.Em seguida, adicione o leite, o açúcar e o chocolate em pó. Mexa bem até incorporar todos os ingredientes.
3.Aos poucos vá adicionando a farinha de trigo, sempre mexendo.
4.Por último acrescente o fermento em pó e misture.
5.Leve ao micro-ondas por 3 minutos. Não se assuste se a massa do bolo crescer e começar a passar da caneca, ela não irá transbordar.
6.Retire do micro-ondas e se desejar sirva com calda de chocolate.